sábado, 11 de dezembro de 2010

D&D Virtual Table Top - Test Drive

Nos últimos tempos com o avanço da banda larga, distância não é mais um problema para se jogar RPG. Com as diversas opções desde o simples Taulukko até o sofisticado Fantasy Grounds. Nosso grupo que o diga, Após quase uma década voltamos a jogar uma aventura completa graças á tecnologia, Usando Tauluko para a rolagem de dados e Skype para comunicação, com fundo musical e tudo!


Um elemento muito comentado a dois anos, data do lançamento da 4a edição do D&D foi a promessa de uma mesa virtual da Wizards of the Coast, pretendendo angariar parte desse mercado, até então explorado por outras empresas. O projeto foi deixado de lado por algum tempo, mas após longa espera para os fãs de D&D, A WotC anuncia o lançamento do D&D Virtual Table Top (VTT). O software é diferente da primeira versão (que pretendia ser algo em 3D), agora passou a parecer mais com o tabuleiro de jogo das tradicionais mesas de RPG, simulando os "Dungeon Tiles" e "tokens" para representar os monstros e personagens.


A data final de lançamento não está confirmada, no momento o sistema passa por Beta Testing com os associados à DDI (Dungeons&Dragons Insider) ao redor do mundo. Para minha alegria, eu fui um dos sortudos a ser convidado como Beta Tester desse sistema! Com minha senha em mãos logo baixei o programa e fiz um test drive nele. Jogos mesmo só em janeiro, com outros Beta testers do sistema através de seções de jogo pré-agendadas e feedback ao final da seção com sugestões sobre o sistema.

De cara, parece um Table Top extremamente simples e muito elegante. Bem leve, carrega tudo rapidinho, sem maiores problemas. Tem lugar para o resumo simples das fichas de personagem e monstros, assim como notas escritas que podem ser usadas durante a seção. O sistema em si já inclui a parte de microfone, dispensando o uso de Skype ou outro software de comunicação, o que é um plus interessante. Existe ainda uma funcionalidade que permite a alteração da voz, imitando sons de Orc, Elfo, ou Dragão. Ainda não testei isso, mas parece divertido! A maior funcionalidade pra mim e a montagem de mapas. É possível pré montar vários mapas, nomeá-los, e joga-los na mesa na hora oportuna, o que é um avanço legal na hora de fazer os combates. O VTT ainda está limitado a um conjunto pequeno de Dungeon Tiles, mas com certeza a versão final apresentará uma infinidade de peças como opção. Existem tokens que representam personagens e monstros, é possível move-los livremente na mesa, assim como modificar seus atributos. O DM também pode escolher ocultar partes do cenário que os PCs não estejam vendo no momento, tal qual o “shadow of war” dos Wargames como Age of Empires. A funcionalidade de rolar dados é básica de qualquer VTT e está lá. Não é tão bonitinha quanto a do Fantasy Grounds, que tem uma animação da rolagem dos dados, mas funciona sem problemas.


Enfim, sem ter necessariamente jogado, apenas "dando uma fuçada" o sistema parece bem funcional e simples, isso é importante. As regras e tudo mais continuam nos livros, o Virtual Table Top é só a mesa de jogo mesmo. Vale destacar que o sistema promete ser compatível com todas as edições de D&D, o que também é mais um ponto positivo o VTT da WotC. Como esse ano nós vamos começar um grupo Online ativo, ainda estou decidindo entre o VTT da wotC e o Fantasy Grounds, que é muito bom também. Por enquanto vou testando essa fera e vamos ver o que vai dar!